Futuro da Bahia é Jerônimo governador e Lula presidente, afirma deputado Robinson Almeida

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) afirmou, neste domingo (05/06/2022), na Caravana Mais Bahia do Programa de Governo Participativo, no Recôncavo, em Santo Antônio de Jesus, que Jerônimo Rodrigues governador e Lula presidente representam o futuro do estado com o desenvolvimento territorial e regional inclusivo. O petista lembrou que com Lula na presidência o Recôncavo conquistou duas universidades, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), em São Franscisco do Conde, e a UFRB em 2005, que hoje sofre com cortes e bloqueio do orçamento pelo governo Bolsonaro.

“O futuro da Bahia é Jerônimo Rodrigues governador e Lula presidente. Essa dupla vai trabalhar conjuntamente para fortalecer o desenvolvimento baiano, combatendo as desigualdades, fomentando o desenvolvimento regional, com políticas que incluam e garantam mais oportunidades e qualidade de vida pra nossa gente”, destacou. “Com o time de Lula, conquistamos em 2005 a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, a instituição mais inclusiva do Brasil, que abraça e dar oportunidades aos filhos dos trabalhadores. Se com Bolsonaro a universidade está sob ataque, com cortes e bloqueio orçamentário, com Lula lá e Jerônimo cá vamos fortalecer a pesquisa, a ciência e a educação pública inclusiva pra transformar a vida da nossa gente”, enfatizou.

Almeida também fez criticas a oposição e disse que ela “é unha e carne” com Bolsonaro, garantindo apoio político em Brasília a agenda econômica do governo federal.

“A turma do atraso deixou a Bahia, por décadas, com apenas uma Universidade Federal. Com apenas um Instituto Federal. O time de Lula implantou mais 5 universidades na Bahia, construiu mais de 22 Institutos Federais. Vejam que Bolsonaro ataca Educação técnica e superior na Bahia, com cortes e bloqueio no orçamento dessas instituições, e a turma do atraso nunca levantou a voz para criticar o desgoverno e defender os interesses dos baianos”, observou. “Bolsonaro, com apoio da turma do atraso, privatizou a refinaria Landulpho Alves, aqui no Recôncavo, em São Francisco do Conde, e hoje temos a gasolina e o diesel mais caro do Brasil, com o litro da gasolina passando de R$ 8, o gás de cozinha custando mais de R$ 110. Essa agenda perversa de Bolsonaro, que aumenta a desigualdade, que impõe dificuldades para nosso povo, é apoiada pela turma do atraso, que é unha e carne com Bolsonaro nesses pacotes de maldades contra nosso povo”, concluiu Robinson Almeida.