“ACM Neto, aliado de Bolsonaro, consolida Salvador como capital nacional do desemprego”, critica Robinson

Deputado Robinson Almeida. Foto Daniel Ferreira

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) acusou o prefeito ACM Neto de “consolidar” Salvador “como a capital nacional do desemprego”. O comentário do parlamentar ocorre depois do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgar, nesta quinta-feira (15), o levantamento que aponta a capital baiana com taxa de desemprego de 17,7%, a maior entre as capitais brasileiras. A capital baiana, segundo o estudo, ainda é a segunda maior cidade no quesito desocupados quando comparada com todas as Regiões Metropolitanas do país. O levantamento levou em conta o 2º trimestre, na comparação com o trimestre anterior.

“O prefeito ACM Neto consolidou Salvador nesta triste condição de capital nacional do desemprego, agravando ainda mais o quadro com as medidas adotadas tanto no seu governo, com a alta de taxas e impostos, como pelo governo Bolsonaro, que ele apoia”, afirmou o petista. “Neto acabou, por exemplo, com a indústria da construção na capital baiana, contribuindo para o fechamento de empresas e gerando um desemprego enorme. A indústria da construção não pode nem ouvir o nome do prefeito que sente arrepios”, cutucou o deputado.

A divulgação dos dados pelo IBGE acontece três dias depois do Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), uma espécie de “prévia” do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado pelo Banco Central (BC), apontar retração na economia brasileira de 0,13% no segundo trimestre de 2019. “Está provado que essa combinação neoliberal, essa dobradinha Neto e Bolsonaro, faz muito mal tanto a Salvador como para a Bahia”, enfatizou Robinson.