Em nota, Robinson Almeida anuncia retirada de pré-candidatura e destaca importância do PT em Salvador

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) retirou de forma oficial sua pré-candidatura à prefeitura de Salvador para as eleições de 2024. O anúncio foi feito através de publicação de uma nota pública nas redes sociais do parlamentar no início da tarde desta sexta-feira (22). A decisão ocorre no dia seguinte à confirmação de que o pré-candidato da base do governo Jerônimo Rodrigues (PT), na disputa contra o prefeito Bruno Reis (UB), será o vice-governador Geraldo Jr (MDB).

Em sua publicação, o petista inicia o comunicado afirmando que vai lutar para que a capital baiana seja comandada pelo partido no futuro.

“Pra parar esse tempo, aceitei a convocação do PT para ser pré-candidato a prefeito. Defendemos a tese de candidatura de esquerda para confrontar com o representante das elites, que quebrou Salvador nos últimos 12 anos. Deixaram a cidade menor, sem emprego, saúde, transporte e educação para nosso povo”, escreveu o deputado em trecho da legenda.

De acordo com Robinson, com o comando da Bahia e do Brasil, o Partido dos Trabalhadores “construiu um ecossistema político diverso e amplo”. “Com decisão por unidade, esse grupo apresentou várias teses e nomes para representá-lo na disputa eleitoral. Após meses, a tese de candidatura de esquerda não vingou. A escolha é por outro perfil”.

“Sem a tese vitoriosa e com o compromisso de unidade, as demais candidaturas acompanham a maioria e a liderança do governador Jerônimo. Não podia ser diferente. É a regra pra manter o nosso projeto vitorioso. Desejo boa sorte ao vice-governador, Geraldo Júnior, que possa hastear as bandeiras por justiça e igualdade do PT e da esquerda. Fazer oposição com programa alternativo para derrotar quem rebaixou Salvador pra segunda divisão em todos indicadores sociais e econômicos. Vamos à vitória”, finalizou.

A seguir, a integra da publicação.

NOTA PÚBLICA

A luta continua. Todos tem sonhos. O meu é Salvador ter prefeito do PT. Pra cuidar da nossa gente. São 5 séculos de exclusão dos trabalhadores, dos negros, das mulheres, da favela.

Pra parar esse tempo, aceitei a convocação do PT para ser pré-candidato a prefeito. Defendemos a tese de candidatura de esquerda para confrontar com o representante das elites, que quebrou Salvador nos últimos 12 anos. Deixaram a cidade menor, sem emprego, saúde, transporte e educação para nosso povo.

Ao governar a Bahia e o Brasil, o PT construiu um ecossistema político diverso e amplo. Com decisão por unidade, esse grupo apresentou várias teses e nomes para representá-lo na disputa eleitoral. Após meses, a tese de candidatura de esquerda não vingou. A escolha é por outro perfil.

Sem a tese vitoriosa e com o compromisso de unidade, as demais candidaturas acompanham a maioria e a liderança do governador Jerônimo.

Não podia ser diferente. É a regra pra manter o nosso projeto vitorioso. Desejo boa sorte ao vice-governador, Geraldo Júnior, que possa hastear as bandeiras por justiça e igualdade do PT e da esquerda. Fazer oposição com programa alternativo para derrotar quem rebaixou Salvador pra segunda divisão em todos indicadores sociais e econômicos. Vamos à vitória.

Agradeço a confiança dos meus companheiros (as), a direção do PT e a militância.

Sonhamos juntos. A luta continua, pois os sonhos não envelhecem e Salvador tem jeito.

ROBINSON ALMEIDA
Deputado estadual
Líder da Federação PT, PCdoB e PV 🚩